A Bahia de todos nós

  • 9 de outubro de 2017
  • 0 Comentários

A Baía de Todos-os-Santos foi a primeira região que teve contato com os nossos colonizadores portugueses. Posteriormente, o estado é nomeado como Bahia e ali se recebe toda a influência cultural vinda da Europa. Essa cultura somando-se ao belo litoral e a Cultural Africana trazida pelos escravos, transformou essa cidade no que ela é, um exuberante espetáculo natural. Para você conhecer melhor esse lugar, iremos apresentar os melhores lugares a se visitar na capital baiana.

 

A bela Salvador foi descoberta, todos sabemos, através de navegações marítimas. Por isso a cultura dos mares também se espalha em alguns pontos turísticos. Um deles é o Museu Náutico da Bahia que expõe instrumentos náuticos, réplicas de navegações entre outros. É realmente interessante, porém um dos fatores mais incríveis é o fato de ele estar dentro de outro grande ponto da cidade. O museu fica dentro da fortaleza que abriga o Farol da Barra. Datado de 1698, é o mais antigo do Brasil e é motivo de um dos visuais mais lindos da cidade. Outra grande obra arquitetônica é a Igreja de Nosso Senhor do Bonfim que começa a ser construída em 1745. Casa de Jorge Amado, Elevador Lacerda, Ponta do Humaitá e Forte de Santa Maria são alguns outros legais interessantes para ir.

Se vem no verão, Salvador será um paraíso. São inúmeras as opções de praias para conhecer no local. Uma delas é a escondida Praia do Buracão que faz sucesso com os jovens por ter esse acesso dificultado. Sendo complicado de chegar, é bem difícil achá-la cheia. Recomendamos. Outra praia extremamente tranquila é a do Flamengo. Não se espante se ver muitos nomes parecidos com lugares no Rio de Janeiro, é comum isso acontecer. Como confirmação, a praia que se encontra o farol não poderia ter outro nome: Praia da Barra. As melhores fotos você vai tirar aqui. Só não dê bobeira, vá no meio da semana pois nos fins a praia costuma lotar. Agora, se está disposto a sair da cidade atrás e belas praias, sem problemas. A Ilha de Itaparica, Ipitanga e Porto Seguro são opções quase paradisíacas.

 

Salvador é também a terra do carnaval. Se vem aqui entre janeiro e final de fevereiro, o hotel é o último lugar que vai ficar. Vá aos blocos no Pelourinho, curta o Olodum. Ir aos circuitos, ‘’vestindo seu abadá, é uma ótima escolha. Curta! Mas se não estiver nessa época do ano, não há problema. A vida noturna soteropolitana não decepciona. Para o público GLS, a Off Club faz bastante sucesso. Localizada no bairro da Barra, ela faz sua fama desde 1999. A Satélite Music House enche aos sábados quando tocas flashback. O Coliseu do Forró vai para quem quer curtir o famoso estilo local.

Por fim não deixe de aproveitar as maravilhas gastronômicas locais: Acarajé, Abará, Vatapá e frutos do mar são comidas comercializadas na região. Faça compras, vá ao Mercado Modelo, nesses lugares poderá trazer os presentes na volta para casa. Mas acima de tudo, curta bastante um desses espetáculos nordestinos brasileiros.

deixe seu comentário

Compartilhe