As cachoeiras de Visconde de Maua

  • 9 de outubro de 2017
  • 0 Comentários

Dentro do nosso território brasileiro há as mais variadas paisagens naturais. Para quem quer se refrescar num verão extremamente ensolarado, cachoeiras podem ser uma ótima alternativa. Existe uma lista de lugares para visitar onde encontramos esses espetáculos da natureza (já falamos aqui sobre Poços de Caldas e a Chapada dos Veadeiros). Hoje então iremos apresentar a fantástica Visconde de Mauá, fronteira entre Rio de Janeiro e Minas Gerais.

Localizada na Serra da Mantiqueira, se encontra entre as cidades de Resende e Itatiaia. Separada em três vilas, Maringá, Maromba e Visconde de Mauá (que dá nome ao lugar). Além das deliciosas quedas d’água, aqui vai achar pousadas e restaurantes bem aconchegantes e receptivos. A viagem é perfeita. Para quem vem com a família afim de descansar nas férias, em casal para uma viagem romântica, com uma galera ou também para quem vem sozinho e quer apenas curtir as águas. Uma coisa é certa, aproveita o ambiente daqui.

Começamos então pela atração principal, as cachoeiras. Elas ficam, em grande maioria, na Vila Maromba ou próximas dela.

A Cachoeira do Escorrega é uma delas. Leva esse nome por causa de uma pedra que possibilita que escorreguem nela. Muito legal a experiência, tem aquele grau de emoção que dá um charme. No final, caímos na parte de piscina natural e curtimos o mergulho.

Outra com uma enorme rocha, essa de 50 metros, é a Cachoeira da Santa Clara. A água aqui cai mais suave, formando um poço perfeito para ficar quieto, relaxando e curtindo aquele paraíso. A região é propícia a práticas como o rapel devido a presença da pedra.

A Poção da Maromba, que leva o nome da vila, é outra com beleza acentuada. Com uma profundidade maior, é ótimo para os pulos chamados cliff diving.

Não deixe de ir na Trilha do Alcantilado, na Vila Maringá. Uma atividade que permite conhecer até nove cascatas de uma vez. Recomendamos.

Para se hospedar, algumas pousadas são bastante interessantes.  Os preços variam pouco e normalmente pagará um pouco caro. O lugar que mais nos surpreendeu foi a Verde Que Te Quero Ver-Te na Maringá. Além de ter quartos superconfortáveis, terá a sensação de fazer parte de um jardim. O lugar é repleto de flores literalmente. Talvez o lugar mais bonito que já passamos a noite. A diária varia de R$300 a R$500. Mas se quiser economizar, há várias opções de camping em Visconde.

Para se fazer as refeições é mais um atrativo. São muitas as opções gastronômicas e recomendamos que explore o maior número possível. Mas nossa recomendação vai ao Bistrô das Meninas, um lugar que conseguem reunir aspectos de uma culinária caseira com sofisticação. Vale a pena vir aqui e pagar pelo simples, porém delicioso.

 Conhecer como são cultivados cogumelos é uma atividade oferecida na Fungicultura Sítio Paraná, uma atividade única. Caso queira ter um acesso mais cultural, no Centro Cultural Visconde de Mauá poderá encontrar de Artes Plasticas, Música, Teatro, Literatura, Arte-Educação e Educação Ambiental.

 

Esperamos ter ajudado com dicas e informações sobre a sua viagem. Não se esqueça, dúvidas e aflições sobre as suas férias, você tira aqui.

deixe seu comentário

Compartilhe