Belezas naturais da África do Sul

  • 17 de novembro de 2017
  • 0 Comentários

O Continente Africano é talvez um dos maiores símbolos de diversidade, alegria e beleza em demasia. Com um povo que tem a sua felicidade como um sentimento de resistência a anos de exploração, uma terra de vegetação extraordinária e animais encantadores, o lugar é a capital da contemplação ao belo. Para isso fomos conhecer a África do Sul, um dos países de melhor infra-estrutura no continente. Venha conosco conhecer os melhores lugares para conhecer lá.

Joanesburgo é a quarta maior cidade do país e possivelmente aqui que vai começar a sua viagem. Com a passagem da Copa do Mundo no país, o lugar ficou ainda mais desenvolvido e tem voos diretos do Brasil. A região vive a diferença cultural em sua estrutura, divide espaço entre prédios, mercados locais e os estabelecimentos indianos (é grande o número de imigrantes). Talvez até pelo multiculturalismo, a cidade possui uma vida noturna animadíssima. Melville e Newtown são bairros animadíssimos para se visitar.

Não deixe de fora da sua lista os famosos safáris africanos como o Pilanesberg National Park e os lindos jacarandás roxos de Soweto.

Próxima parada é a linda Cidade do Cabo. Um outro banho de riquezas culturais. Uma culinária excepcional, detalhe para La Parada, excelente comida, e presenciamos resquícios da cultura do Apartheid. Em Langa conhecemos uma township, espécie de aldeia que funcionava como refúgio dos povos segregados e que nos lembra um pouco nossas favelas. Guias apresentam o lugar e os cidadãos locais, que costumam ser muito receptivos.

Em Simon’s Town, perto do destino anterior, encontramos um paraíso. O lugar que possui uma linda paisagem com águas de cor caribenha, atrai a maioria dos turistas pela grande quantidade de pinguins que ali vivem. Um baita programa.

Em Port Elizabeth pode se desfrutar de 40 quilômetros de praia com as características do oceano pacífico. Vindo da Cidade do Cabo, no caminho é possível se deparar com uma bela cultura típica daqui: a de produzir vinhos. As vinícolas podem ser outra parada na sua viagem.

Em Mpumalanga vai presenciar uma das grandes fortunas naturais do país, os cânions. Rios como o Blyde e o Treur são cercados por maciços de pedras minerais e que irão embelezar seu cartão postal. O Bourke’s Luck e o Parque Nacional Kruger são outras paradas obrigatórias.

Por fim não deixe de conhecer um dos hotéis mais famosos do mundo. O Sun City, localizado em Rustemburgo, por muito tempo foi o único hotel de seis estrelas conhecido. Com direito a restaurantes, praia artificial, spa, piscinas, quadras de tênis, campo de golf, danceteria, cassinos, viveiro de crocodilos, centro de compra e cinema, o lugar é diferente de qualquer estabelecimento que já tenha ido.

Esperamos ter ajudado com informações e dicas para a sua viagem. Não se esqueça, dúvidas e aflições, você tira aqui.

deixe seu comentário

Compartilhe