Paris LGBT

  • 13 de agosto de 2017
  • 0 Comentários

A cidade luz é um dos destinos mais procurados por viajantes do mundo inteiro. Considerada uma das cidades mais charmosas do mundo, em Paris você encontra uma forte presença da comunidade LGBT, que espera pela sua visita. Além de conhecer a torre Eiffel e passear no museu do Louvre, que tal explorar o lado da cidade que celebra a diversidade? Neste post te daremos dicas de onde ir para conhecer um pouco melhor Paris.

O bairro LGBT de Paris é o Marais, que fica a beira do rio Sena. É aqui que você vai achar a maior parte dos cafés, bares e boates voltadas para o público gay, mas isso não quer dizer que seja algo exclusivo dessa região. Paris é uma cidade que recebe a diversidade de braços abertos, então não é fora do padrão ver casais homoafetivos por toda a cidade.

Para aproveitar a noite LGBT parisiense uma das opções mais populares é o Café Cox Bar, uma mistura de bar e balada bastante comum pela Europa. Tem o público majoritariamente masculino, principalmente dos “Muscle bears”, normalmente na faixa dos 30 anos. Se você curte um barbudo, esse certamente é um lugar em Paris que irá te agradar. Já o Raidd Bar Paris é frequentando por um público um pouco mais jovem, por volta dos 20 e 30 anos, mas também costuma atrair aqueles tipos mais fortões. Também seguindo o estilo de bar-balada, ele é famoso pelos shows de go go boys e muita música pop.

Para uma noite mais relaxada, que tal ir ao Open Cafe Paris, que apesar de ficar bem cheio, tem umas mesas externas para você sentar e observar a cidade? Costuma servir de esquenta para quem vai para uma boate mais tarde, então depois de um tempo ele dá uma boa esvaziada. Agora, se você foi para o esquenta, para a boate e ainda quiser mais, o Cud Bar é para você. Um clássico cave bar que começa a ficar animado depois das duas da manhã, é a para quem quer ficar até altas horas curtindo.

Uma opção um pouco fora de mão para você que está hospedado no Marais é o Banana Café, em Les Halles, que tem shows de drag queens e go go boys. Por ser fora do centro gay da cidade, ele não costuma estar lotado, apesar de ser bem popular. É uma boa opção para quem quer sair do fervo mas não quer perder a diversão.

Esperamos que estas dicas te ajudem a planejar sua viagem à Paris, ou que pelo menos te deem aquele empurrãozinho para finalmente decidir visitar a capital francesa. Uma das cidades na lista de todo viajante, Paris não vai te decepcionar.

deixe seu comentário

Compartilhe